terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

POLÊMICA RELIGIOSA



VOCÊS PODERIAM DAR SUA OPINIÃO?


Contam os teólogos, e algumas escrituras, que a Igreja Católica Apostólica Romana foi fundada pelo próprio Jesus Cristo. O marco definitivo dessa nova e revolucionária crença, para a época, teria sido a Santa Ceia.

O primeiro Papa dessa nova Igreja foi São Pedro, um dos 12 apóstolos de Jesus Cristo. Nascido em 10 a.C. Simão Pedro exerceu seu pontificado entre os anos 30 e 67. Muitos o consideram, junto com São Paulo, o fundador da Igreja Católica. Pedro foi perseguido e crucificado pelos romanos, adoradores de vários deuses. Foi enterrado nos arredores de Roma, num local chamado Vaticanus. Nos dias de hoje, Bento XVI é o Papa de nº 266.

Sabe-se com certeza que foi a Igreja católica que criou o calendário que usamos até hoje. E muitas outras coisas que não cabe citar agora. A verdade é que desde sua origem dá pitacos na vida, na sociedade, na economia, na astrologia, nas ciências, na política e vai por aí a fora.

Especializou-se também, pelo desastroso e inútil voto da castidade, em arrebanhar uma das maiores concentrações de homossexuais e pedófilos da nossa história. Isso inclui as "santas freiras" também. E os escândalos se perpetuam até nosso século.

Mas, a intenção é discutir uma oração que certamente foi criada pela Igreja, e por sinal uma das mais conhecidas em todo o mundo! vejam que foi criada por quem se auto-atribui profundos conhecimentos teólogos.

Vejamos então:

Sabe-se que a Virgem Maria é a mãe de Jesus. Conta a história que ela o teria concebido ainda virgem. Daí as variáveis Santa Maria, Virgem Maria etc...

Vamos à oração:

Ave Maria, cheia de graças
O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
Bendito é o fruto do vosso ventre Jesus

Santa Maria mãe de Deus
Rogai por nós os pecadores
Agora e em na hora de nossa morte
Amém!

Pergunto a você que me lê: independente de sua crença, idade e sexo, essa oração estaria correta ao clamar: "Santa Maria mãe de Deus"?

Minha opinião: está errado!

Nenhuma escritura, tradição ou cartas antigas cita Maria como tal. Sempre a referência é que Maria foi a verdadeira mãe de Jesus. E José seu pai, depois canonizado São José na Igreja Católica.

Será que durante séculos se clamou erroneamente a dita oração? Eu confesso, orei a vida toda assim, independente de certo ou errado. Mas, a pouco tempo reparei nesse detalhe, e seria muito bom esclarecê-lo.


OBRIGADO PELA SUA INDISPENSÁVEL OPINIÃO!

5 comentários:

  1. BOM,PRIMEIRO,A ORAÇÃO TERMINA ASIM:BENDITO E O FRUTO DO VOSSO VENTRE JESUS,DAI A OUTRA ORAÇÃO COMEÇA ASSIM:SANTA MARIA MÃE DE DEUS,BOM MEU AMIGO,AGORA VOCÊ ME PEGOU,PORQUE JESUS É FILHO DE DEUS,PODE SER QUE A MÃE DELE AVO DE JESUS TAMBEM SE CHAMAVA MARIA,MAS NA ORAÇÃO,AGENTE VE QUE SE TRATA APENAS DE UMA MARIA,COMPLICADO...

    ResponderExcluir
  2. É complicado, mas cada um tem uma opinião né rsrs bom no meu ver não é nem correto esta oração pois a unica oração deixada foi O Pai Nosso,o erro já começa ai, uma oração inventada por um comedor de feijão que nem eu, não acredito, só creio no Pai Nosso, que foi deixado nas escrituras,bom quanto a oração da questão acredito estar totalmente errada pois maria foi virgem até Jesus nascer, após o nascimento ela teve vida sexual normal como outras tantas mulheres até hoje, e teve vários outros filhos correto? por fim morreu e porque morreu e foi a genitora de Jesus virou santa? não acredito que alguém que tem uma vida sexual ativa e de virgem não tem mais nada seja considerada A VIRGEM SANTÍSSIMA no caso virgem Maria, mas virgem de que se ela teve mais filhos que muitas mulheres por ai, sim respeito qualquer outra opinião más esta é a minha,DESCORDO da existência da oração e descordo da santidade de Maria pois até seu próprio filho a tratada como MULHER, simples MULHER pois se nem o próprio filho a santificava porque nós temos que fazer ?

    VEJA ABAIXO:

    .Logo depois de seu batismo, Jesus e seus discípulos foram convidados a uma festa de casamento em Caná, à qual sua mãe também compareceu. Quando o vinho estava acabando, Maria disse a Jesus: “Eles não têm vinho.” Em resposta, Jesus disse-lhe: “Que tenho eu que ver contigo, mulher? Minha hora não chegou ainda.” — João 2:1-4.
    .
    BOM MORREREI RESPEITANDO TUDO E MINHAS CRENÇAS JAMAIS VÃO MUDAR
    ACREDITO SOMENTE EM DEUS E SEU FILHO JESUS, E EM NADA MAIS!!!

    AMIGO PARABÉNS PELO BLOG TA MARAVILHOSO E CAUSA POLEMICA RSRSRS
    VOCÊ É SHOW !

    ResponderExcluir
  3. É simples a explicação, já que na Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo são uma só pessoa. Assim sendo, mesmo que digam
    Mãe de Deus, ainda assim estarão se referindo ao filho Jesus. Bem, é a única justificativa para a menção na prece. Fui educada na Igreja Católica, mas não sou seguidora da sua doutrina nem dos seus costumes. Minha Igreja está em minha alma. A religião desagrega as pessoas, sou contra as polêmicas e os abusos cometidos em nome da fé, detesto fanatismos e acho que apenas a caridade e o bem une as pessoas e as irmana.

    RELIGIOSIDADE

    Querem saber? Meu coração é minha Igreja...
    No que acredito? No bem e na verdade.
    Semear a paz é o que Minh’alma almeja,
    Tratar os meus irmãos com igualdade.

    Não esquecer da minha humana condição,
    Alimentar em mim o dom da humildade.
    Praticar a caridade, o amor e o perdão,
    Saber que Deus é meu amigo de verdade.

    Gosto do silêncio... e quando estou sozinha,
    Ele então se aproxima, com suavidade...
    Lê o meu coração, meus males adivinha,

    Também em silêncio, desce pra me abençoar!
    É assim que entendo em mim a religiosidade:
    Silenciosamente com Deus a conversar!

    Dia 21 de janeiro, "Dia Mundial da Religião!

    Mírian Warttusch

    ResponderExcluir
  4. Olá Barjon, bom dia.

    Muito interessante a ênfase ao trecho Santa Maria "mãe de Deus", realmente, lendo assim friamente, não me faz nenhum sentido, talvez a Teologia ou a Fiolosofia tenha uma resposta lógica...pois as escritas eram um tanto metafóricas, em palavras subentendidas...é preciso analisar qual o sentido oculto que significou a "mãe de Deus" no contexto da época (se é que essa oração não tenha sofrido inúmeras alterações com o decorrer dos séculos, a favor da própria Igreja), talvez tenham colocado Maria no patamar máximo da santidade para que não existisse nenhuma alma superior a ela no catolicismo...isto é, a "Santa virgem" que gerou Jesus e o prórpio Deus (universal) unidos numa mesma oração?

    Beijos....

    Filosofei....rs Sou uma curiosa de todos os assuntos, mas entendo mesmo é de Poesia...rs

    Viste meu Blog

    Verso & Prosa Poemas
    www.versoeprosapoemas.blogspot.com

    Beijos!
    Reggina Moon

    ResponderExcluir
  5. Saudações.
    O que concilio se refere,mesmo que ocultamente,é que Maria(alma do feminino de Deus na terra,naquela época)era neste mundo,naquele tempo,á mãe de Deus(Jesus = alma= O "CRISTO" Deus...e os cristos=partículas de Deus;nós)A igreja reconhece mas através de parábola,nos passa essa benção.
    Mesmo que nos pareça inverdade,Ele,Jesus,está em Deus,como está em nós;Cristo Jesus,é uma das formas de Deus,assim como Shiva,Krishna,Amon e outras formas já aqui na terra,edificada.
    "Será dado á cada um,conforme a sua fé"
    "A casa do Pai,tem muitas morada"
    (são bilhões,entre astros,seres e criaturas)
    Tudo aqui em baixo,foi permitido,para que se cumpra as escritas dadas pelos profetas a nós,e mandadas lá cima,para o tempo certo,serem reveladas e consumadas.
    Que assim seja.(amem)

    ResponderExcluir